domingo, 3 de julho de 2022

Amor e Poesia


Vem, dá-me a tua mão!

Saltemos para o mundo fantástico da ficção

 onde todos os seres do universo vivem em sã comunhão.

Etéreos, humanos, elfos, fadas, gigantes ou anões_ solta a tua imaginação.

Aqui não há brigas, desigualdades ou descriminação.

 Só existe paz, amizade, solidariedade, aceitação

e o pulsar do Amor e Poesia em cada coração.

Agora diz-me:

- Queres sair desta fantástica visão?
 



Amor e Poesia


Nasceu o Amor, nasceu minha poesia,

Emana de peitos abertos, sem senões.

Imantação de dois corações, emoções,

Cúmplices arraigados na boa sintonia,


No 
Amor  
na 
Poesia


Almas gêmeas se encontram e se amam,

Num acorde afinado, emanam sensações.

Entrelaços de dois  tristonhos corações,

De costas ao não tão bom, se encantam,


No 
Amor 
na 
Poesia



*

Nossa sugestão musical: Pedro Abrunhosa-A.M.O.R.
imagem: Tomasz Alen Kopera


*