2024/04/28

Metamorfose

Devagar
despiu a velha pele, ela a cobria.
Cada pedaço, uma saudade, uma memória.
O passado, partia.

Devagar
cresceram asas, nova pele renascia.
Cada asa, uma conquista, uma dádiva.
O presente ela teria.

Devagar
numa pedra, numa flor, pousaria.
Cada uma, uma esperança, uma incógnita.
O futuro alcançaria?


Marianne Williamson

Fui Amor…
conquistada depois da dor,
com palavras e afetos,
ternamente.

Sou flor...
adubada pelo esterco da vida,
com rejeições e abandonos,
horrivelmente.

Serei o permitido por Deus,
na confiança plena,
do seu gratuito Amor,
compassivamente.



Nossa sugestão musical: Chad Lawson: Heart in Hand
imagem: Enzokk

💙💜💙

2024/04/18

RAQUEL DE QUEIROZ ENTRE NÓS



Basta às vezes um cuidado,
reflexivo, apurado,
para a vida ter mais cor.

Basta às vezes um sorriso,
perguntar se é preciso
uma ajuda, um favor.

Basta às vezes uma mão,
abraçar, dar atenção
aos carentes d'amor.

Basta às vezes outra visão,
uma luz na escuridão
para o amanhã ser melhor. 


Telha de vidro

Quando a moça da cidade chegou
veio morar na fazenda,
na casa velha
Tão velha!
Quem fez aquela casa foi o bisavô
Deram-lhe para dormir a camarinha,
uma alcova sem luzes, tão escura!
mergulhada na tristura
de sua treva e de sua única portinha

A moça não disse nada,
mas mandou buscar na cidade
uma telha de vidro
Queria que ficasse iluminada
sua camarinha sem claridade

Agora,
o quarto onde ela mora
é o quarto mais alegre da fazenda,
tão claro que, ao meio dia, aparece uma
renda de arabesco de sol nos ladrilhos
vermelhos,
que - coitados - tão velhos
só hoje é que conhecem a luz do dia
A luz branca e fria
também se mete às vezes pelo clarão

da telha milagrosa
Ou alguma estrela audaciosa
careteia
no espelho onde a moça se penteia.

Que linda camarinha! Era tão feia!
- Você me disse um dia
que sua vida era toda escuridão
cinzenta,
fria,
sem um luar, sem um clarão…
Por que você não experimenta?
A moça foi tão vem sucedida…
Ponha uma telha de vidro em sua vida!

Laços Afetivos


No amor, sou jogo forte,

aventuro-me, insuperável,

heroica e destemidamente.


O tempo não o apaga jamais,

se verdadeiro, só o adormece,

surra, também dá o bálsamo.


Dói muito, é vivo, vivificador,

não é escândalo, nem vândalo,

como a água do mar, no vaivém…


Não é de marés, como nós em nós,

é onda estarrecedora, animadora,

fascinante como a paz, refaz.


Tem audácia, algo de petulância,

rompe nosso medo herege,

envergonha a falta de coragem.


Nossa sugestão musical: As Rosas Não Falam | Fagner
Imagem: Pinterest

🌝🌞🌝

2024/04/13

Espera Macerada

O tempo passa, nós vamos esperando

Assim como quem anda sem andar.

Agarrados ao tempo por passar

Agarrados à vida mas sonhando.


O tempo, porque é tempo, vai passando

A gente nesta espera macerada.

A sorrir ou a chorar na caminhada

Sempre, sempre o tempo cavalgando.


Um dia, qualquer dia, eis-nos parados,

Da vida por viver já bem cansados,

O passado já não nos faz sofrer.


À esquina do tempo, como quem espera,

Que o tempo seja sempre Primavera,

Passando os anos sem envelhecer.



Espera Macerada


Lá fora, há o céu azulado,

Cá dentro, tudo contristado.

Olha, observa, contempla,

Numa esperança tão ampla.


Lá fora, tudo parece normal,

Cá dentro, nada é mais igual.

Ela espreita flores delicadas,

É mimosa, derrama lágrimas.


Lá fora, insensibilidade gela,

Cá dentro,  carinhos congela.

Tem bom livro em sua mão,

Na tentativa, não doer coração.


Lá fora, não vem mais resposta,

Cá centro, macera a dor imensa.

Mal intenso n'alma a desgosta,

A cada dia, se faz mais densa.


Nossa sugestão musical : Me espera, Sandy ft. Tiago Iorc
imagem: Pinterest


🍀🌾🍀

2024/04/08

MANOEL DE BARROS ENTRE NÓS


Imaginação

Fugistes de mim,
imaginei-te decerto.
Talvez estejas numa nota subtil de um violino
ou no bolso escondido de um menino franzino. 

Desejei possuir-te,
falhei por completo.
Talvez estejas na neblina flutuando na minha mente
ou no parágrafo de um livro de um escritor eloquente.

Fantasio contigo,
num recanto secreto.
Talvez estejas dormindo serena na minha ilusão,
ou ficaste nas rugas vincadas dum velho ancião.

Vem por favor
 eu espero, prometo.
Mas se alguém te encontrar primeiro, me esquece,
não vale a pena fingir, a imaginação vai com quem a merece.


Tratado Geral das Grandezas do Ínfimo

A poesia está guardada nas palavras - é tudo que eu sei.
Meu fado é o de não saber quase tudo.
Sobre o nada eu tenho profundidades.
Não tenho conexões com a realidade.
Poderoso para mim não e aquele que descobre ouro.
para mim poderoso é aquele que descobre as insignificâncias 
(do mundo e as nossas);
Por  essa pequena sentença me elogiaram de imbecil.
Fiquei emocionado.
Sou fraco para elogios.

Minhas Circunstâncias


Habito meus fantasmas, 

são revelações, sensações …

moro em minhas fraquezas,

são minhas fortalezas…


Resido no desalento,

é investimento…

Vivo no amor,

é minha poesia sem dor …


Domicilio-me no alento,

é compadecimento…

Estancio na leveza,

é minha maior beleza.


Vou ao encalço de pássaros,

são meus bálsamos…

Remodelo minhas insignificâncias,

são só circunstâncias…




Mana, você  tem meu amor fraterno.
É  muito mais do que uma amiga.
Seu aniversário é  prova viva de que Deus lhe ama e lhe quer viva para nossa alegria e felicidade no coração.
Ter você  como mana é um presente inexprimível.
Somos ambas companheiras de dores e alegrias.
Só tenho que agradecer a Deus por ter me dado de presente seu coração tão fraterno e sua compreensão fora do normal. 
Seja sempre feliz e abençoada em sua nova caminhada ao nosso lado.

É  uma honra ser sua mana do coração. 
Como Deus escolheu Você  a dedo num jardim imenso no universo! 
Nunca vou poder agradecer a Ele tanta Bondade. 

Sabe bem que  amo minha mana com todo carinho de irmã.

Feliz Aniversário   mana querida!


Obrigada, mana, pelo seu carinho  do mimo.


Imagem: Pinterest


🌸🌹🌸