domingo, 25 de setembro de 2022

Crescer

 Quando eu crescer, menina quero ser!


Vou ser pequenina

sardenta, traquina.


Subir num balão

feito de sabão.


Pintar flores no céu

 dormir de chapéu.


Morar num castelo

cor de caramelo.


Abrir a janela

tocar numa estrela.


Sonhar que acredito

que o mundo é bonito.


Se for para crescer e menina não ser, não quero nascer!






A Graça do Crescer


Menina ontem foi criança,
viveu feliz na  leve bonança.
Olha tudo ao redor, dança,
moça fica na contradança.

Um dia foi linda mocinha,
a bondade nela se aninha,
É amada, menina acarinha,
deixará de ser Menininha.

Quando sol se pôr, a Moça
gingará com muita bossa.
Meninos farão muita joça,
charme ela jogará na troça.

Quando Mulher, vai sonhar,
à amiga tudo vai segredar.
Será toda formosura a reinar,
seu ofício será muito Amar.




*


Arte - Lydia Wylangowska

*





Feliz Semana da Primavera do lado de cá do Atlântico!
Feliz Semana do Outono do lado de lá do Atlântico!


*

sexta-feira, 16 de setembro de 2022

SÊ INTEIRA!

 



Não te escondas

só porque não te querem ver.


Não te quebres 

para outros ficarem inteiros.


Cola todos os teus pedaços.

Essa Luz que emanas te guia aos lugares onde és perfeita,

 desde o ar que respiras ao corpo que te acolhe.

Sê inteira!

*





Fibras Energéticas

Minhas fibras estão em alerta,
estou em vibração, na certa…
quisera todo meu ser aquecer!

Sou e estou 
                              inteira.

Corre fio elétrico teocêntrico,
sinto o sangue ferver na alma,
jorra um fervor e me acalma.

Sou e estou 
                             inteira.

Minha mente está tão acesa,
o coração se energiza, ilesa
vejo-me de maldades, beleza.

Sou e estou 
                             inteira

Dou choques de ternura, corpo
inteiro na aquiescência, energia,
ganho força, logo me encorpo.

Sou e estou
                 inteira

 



Nossa sugestão musical: Aretha Franklin - Respect (1967) 
imagem: escultura de Paige Bradley 


*

sábado, 10 de setembro de 2022

MARIA JOÃO ENTRE NÓS


Procuro-te Hígia

nas rochas

nas marés

nas conchas

nos limos

no sal onde afogo as palavras.


Há muito que esqueci

 os sinais que se escutam nas ondas e que agora me ferem os ouvidos.


Aproxima-se a tormenta

 enigmas

 rituais

 prantos

 esperas

 como espadas ferindo-me com seus gumes.


Mergulho nos abismos! 

Hígia vou encontrar-te

onde o mar busca nas ondas penedos escondidos na espuma.



Agosto 2022





 FRUTO DE UM MAR PROIBIDO

*


Quis lembrar-me do mar que trazias

A pender-te da ponta dos dedos,

Prometendo, acenando aos mil dias

Que eu roubava à avareza dos medos
*

 

E colhi, desse mar que escondias

No remoto pomar dos segredos,

O mel doce que em fruto of`recias

Dentre mil, extemporâneos, azedos…
*

 

Houve um tempo redondo e magoado

Em que o fruto minguava escondido,

Definhando de tão resguardado
*


Na redoma do que é proibido

E se eu nunca o tivesse encontrado,

Talvez nunca o tivesse perdido.


*


23.10.2011 – 15.00h

(Em verso eneassilábico)




Eclipse do Amor


Nostalgia e melancolia invadem meu peito,

Consomem os dias, embriagam-me no leito.

Olhar a divagar... sombrio, triste, aleatório, 

Sem elã da esperança, num foguetório.


Busco felicidade de antes, sou consumida 

Pela dor da fatídica separação dos corpos.

Coração saudoso, alma desolada, abatida,

Prisioneira de tão inocentes sentimentos.


Meu ser eclode numas lembranças doces,

Momentos ternos, tão delicados, efusivos.

Vivemos enredos e desfrutamos enlaces,

O eu real anseia sedento bons retornos.


Quisera apressar tempo duro duma espera,

Época da real felicidade, sonhada quimera.

Eram abraços de laço, ternos e delicados

Concebidos sem censura, mui desejados.




*

Nossa sugestão musical: Within Temptation – All I Need 

imagem: escolhida pela Maria João no seu blogue "poetaporkedeusker"


*

domingo, 4 de setembro de 2022

Meu Eu Real


SOU
SIM E NÃO
NOITE_MADRUGADA
CALMA_AGITAÇÃO
FRIA_APAIXONADA


 SOU
PROSA E POEMA
LÁGRIMA_GARGALHADA
SOLUÇÃO_PROBLEMA
PARTIDA_CHEGADA


SOU
VERDADE E UTOPIA
ALÍVIO_TORMENTO
CORAGEM_COBARDIA
CALMARIA_VENTO


 SOU 
 NÃO E SIM 
APATIA_EMOÇÃO
PRINCÍPIO_FIM
SOU CONTRADIÇÃO.





Meu Eu Real

 Sou efusiva,

protetora,
flexível
... apoio ...

Ultrapasso 
… fases …

Costumo me retirar 
… atacada …

Coragem ganho
 … volto forte …

Alterno crença 
… dúvida …

Meu "insigth":
gosto de nicho 
 … seguro …

Serve-me 
… de escudo …
contra a competição.

Sou lutadora,
... identifico ...

Contenho irritações,
busco soluções,
... avanço ...
em situações difíceis.

Sou reticências...



*

Nossa sugestão musical: Caçador de mim - Milton Nascimento
 imagem: Adolie Day


*

O blog ENTRE NÓS está referenciado, com a permissão da querida amiga Fê,  no